Além de uma revisão gramatical

O olhar do revisor sobre o contexto de circulação de um dado gênero é o olhar além da estrutura e pode, inclusive, evitar mal entendidos sobre o que é dito e o que se quis dizer. Nesse sentido, Rocha e Silva (2010) chamam a atenção para o trabalho de destrincheiramento do escrito, deve-se “buscar o sentido mais amplo para chegar à prática social, considerando o contexto – e, quando se fala em contexto, quer-se dizer absolutamente tudo: etnia, classe social, nível de letramento etc. – em que se insere seu produtor.”

Contatos

Facebook: https://web.facebook.com/criteriorevisao/ (curta a nossa página no Facebook!)

Telefone: (61) 99801-6596 (Whatsapp)

Skype: criteriorevisaotextual

E-mail: andersonhander@gmail.com ou servicos@criteriorevisao.com.br

Instagram: @criteriorevisao (siga-nos!)

Aguardamos o seu contato.

Anúncios

Critério Revisão Textual: novos desafios para o Revisor de textos

Na perspectiva de Rocha e Silva (2010), o papel do revisor de texto está em transformação, de uma perspectiva clássica (ou monomodal) voltada apenas para a análise do escrito na perspectiva da norma-padrão para incorporar “às novas teorias dos estudos da linguagem em uma perspectiva crítica.” Dessa forma a atuação do revisor de texto exige muito mais do que o conhecimento das regras gramaticais, ela “engloba contextos subjetivos, sociais, históricos, linguísticos e cognitivos.” Sendo assim, afirma:

[…] a Revisão de Texto vai muito além de um trabalho técnico ou da aplicação das regras gramaticais, é preciso que haja entre produtor e revisor a negociação do sentido, em que ambos possam chegar a um ponto em comum em relação às “intenções” do texto (p. 2).

Vale ressaltar, também, que o termo gênero está mais alinhado ao ofício do revisor, uma vez que esse conceito relaciona-se à noção de contexto de circulação de textos, o que corrobora o tripé texto, discurso e sociedade. Nesse sentido, o olhar do revisor é moderno-tardio; não pode ser polarizado entre os extremos de o que seja “certa” e “errado”, bem como de seu fim em sua própria estrutura gramatical.

Segundo Resende (2008) Gêneros constituem “o aspecto especificamente discursivo de maneiras de ação e interação no decorrer de eventos sociais” (FAIRCLOUGH, 2003 65). Quando se analisa um texto em termos de gênero, o objetivo é examinar como o texto figura na (inter)ação social e como contribui para ela em eventos sociais concretos. Gêneros discursivos variam em relação aos níveis de abstração. Fairclough (2003) distingue os pré-gêneros e os gêneros situados. Pré-gêneros são categorias mais abstratas, que transcendem redes particulares de práticas sociais e que ‘participam’ na composição de diversos gêneros situados. Narrativa, argumentação, descrição e conversação são pré-gêneros no sentido de que são ‘potenciais’ abstratos que podem ser alçados na composição de diversos tipos de texto. Gêneros situados, por outro lado, são categorias concretas, utilizadas para definir gêneros que são específicos de uma rede de prática particular, como a circular de condomínio. Um gênero situado é “um tipo de linguagem usado na performance de uma prática social particular” (CHOULIARAKI; FAIRCLOUGH, 2003).

Contatos

Facebook: https://web.facebook.com/criteriorevisao/ (curta a nossa página no Facebook!)

Telefone: (61) 99801-6596 (Whatsapp)

Skype: criteriorevisaotextual

E-mail: andersonhander@gmail.com ou servicos@criteriorevisao.com.br

Instagram: @criteriorevisao (siga-nos!)

Aguardamos o seu contato.

Além de uma simples revisão ortográfica e gramatical

Segundo Marcuschi (2010), os gêneros textuais ou discursivos são realizações linguísticas relacionadas ao contexto o qual estes estão inseridos:

[…] são textos que encontramos em nossa vida diária e que apresentam padrões sociocomunicativos característicos definidos por composições funcionais, objetivos enunciativos e estilos concretamente realizados de forças históricas, sociais, institucionais e técnicas.

Nessa perspectiva é possível pensar que, por meio da tecnologia, novas práticas sociais incitaram a necessidade de novos gêneros textuais, ou a adaptação a gêneros anteriores se considera-se aqui a sua produção em relação ao reducionismo teórico, ou seja, os novos gêneros textuais são baseados em modelos anteriores. Nesse sentido é importante compreender que os gêneros textuais são plásticos, ou seja: o gênero textual é passível de mudança, o que significa que ele não é estático. Por isso, para Bakthin (1997), os gêneros são tipos relativamente estáveis de enunciados elaborados pelas mais diversas esferas da atividade humana.

 Essas características acerca da noção de textos apresentam-se fundamentais à melhor compreensão de o que é o ofício de revisão, uma vez que elas apontam para compreensão de texto além de sua própria estrutura linguística, constituindo-se em processos interacionais e discursivos que se relacionam às práticas sociais. Isso implica noção de texto como um processo inacabado, existente a partir de interações, ou seja, de relações negociáveis e construídas. Essas negociações são estabelecidas com base nas expectativas daqueles que procuram por este serviço, bem como da maneira pela qual os profissionais dessa área compreendem o seu próprio ofício e podem configurar, muitas vezes, mal entendidos sobre o que é esse serviço, legitimando relações e discursos assimétricos.

Serviço de Revisão de Texto Brasília-DF

Veja a nossa lista de últimos trabalhos realizados para pesquisadores e estudantes de Brasília:

O Guia de Bolso para Gestão da Mudança. Instrumentos para gerenciar a mudança. Change Guides 2014. Kate Nelson e Stacy Aaron.Tradução de Armando Kokitsu. (Livro)

Autor: Luís Felipe Gonçalves Fonseca. Universidade de Brasília (UnB). Identidades polinomiais graduadas de álgebras sobre um domínio de integridade. Área: Matemática. 2013. (Tese de doutorado)

 Autor: Ricardo Jacarandá de Faria. Universidade de Brasília (UnB). Avaliação de IgG4 em pacientes com doença inflamatória intestinal e insuficiência pancreática exócrina. Área: medicina. 2013. (Dissertação de mestrado)

Autor: Nonato Veloso Filho. Universidade de Brasília (UnB). Arquitetura Paulista e os concursos nacionais de arquitetura: de 1990 a 2010. Área: arquitetura e urbanismo. 2013. (Tese de doutorado)

Contatos

Facebook: https://web.facebook.com/criteriorevisao/ (curta a nossa página no Facebook!)

Telefone: (61) 99801-6596 (Whatsapp)

Skype: criteriorevisaotextual

E-mail: andersonhander@gmail.com ou servicos@criteriorevisao.com.br

Instagram: @criteriorevisao (siga-nos!)

Aguardamos o seu contato.

 

Correção Ortográfica e Gramatical São Paulo

São Paulo correção ortográfica e gramatical

Procura por serviço de Revisão realizado por profissional qualificado? Entre em contato conosco. Possuímos registro no Cnpq, Certificado de Capacitação Técnica. A nossa equipe é formada por pesquisadores e estudantes de universidades federais da graduação e da pós-graduação.

Veja os nossos preços:

http://criteriorevisao.com.br/revisao-de-texto/

Prazos de entrega 

Os nossos prazos são variáveis, mas, em média, para cada 100 laudas, solicitamos prazo mínimo de 4 dias.

ATENÇÃO, se você necessita de prazos inferiores aos que informamos, cobramos adicional de 1,50 por lauda sobre o serviço, se pudermos atendê-lo(a).

CONTATO

Facebook: https://web.facebook.com/criteriorevisao/ (curta a nossa página no Facebook!)

Telefone: (61) 99801-6596 (Whatsapp)

Skype: criteriorevisaotextual

E-mail: andersonhander@gmail.com ou servicos@criteriorevisao.com.br

Instagram: @criteriorevisao (siga-nos!)

Aguardamos o seu contato.

 

 

Critério Revisão Textual: referência sobre Revisão de Textos

Lista de referências importantes para quem atua na área de Revisão de textos:

1001 Dúvidas de Português (Terra Ernani e José de Nicola, Saraiva, 2009)
http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/2655101

ABC da Língua Culta (Celso Pedro Luft, Globo, 2010)
http://globolivros.globo.com/busca_detalhesprodutos.asp?pgTipo=CATALOGO&idProduto=1368

A Construção do Livro (Emanuel Araújo, UNESP, 2008)
http://www.editoraunesp.com.br/catalogo/9788571398399,construcao-do-livro-a

A Nova Ortografia (Evanildo Bechara, Nova Fronteira, 2008)
http://www.ediouro.com.br/site/products/content_book/5623

Além da Revisão: critérios para a revisão textual (Aristides Coelho Neto, Senac, 2013)
http://www.editorasenacsp.com.br/portal/produto.do?appAction=vwProdutoDetalhe&idProduto=21860

Como se Faz uma Tese (Umberto Eco, Perspectiva, 2012)
http://www.editoraperspectiva.com.br/index.php?apg=cat&npr=610

Comunicação em Prosa Moderna (Othon Garcia, FGV, 2010)
http://www.editora.fgv.br/?sub=produto&id=392

Decifrando a Crase (Celso Luft, Ed. Globo)
http://globolivros.globo.com/busca_detalhesprodutos.asp?pgTipo=CATALOGO&idProduto=788

Dicionário Analógico da Língua Portuguesa (Francisco Ferreira dos Santos Azevedo, Lexicon, 2010)
http://www.lexikon.com.br/dicionario_analogico/dicionarioanalogico.html

Dicionário de Dificuldades da Língua Portuguesa (Domingos Paschoal Cegalla, Lexicon, 2009)
http://lexikon.com.br/dicionario-de-dificuldades-da-lingua-portuguesa

Dicionário de Locuções e Expressões da Língua Portuguesa (Carlos Alberto de Macedo Rocha e Carlos Eduardo Penna de Macedo Rocha, Lexikon, 2011)
http://lexikon.com.br/dicionario-de-locucoes-e-expressoes-da-lingua-portuguesa

Dicionário de Questões Vernáculas (Napoleão Mendes de Almeida, Ática, 1998)
http://www.atica.com.br/SitePages/Obra.aspx?cdObra=515

Dicionário de Verbos de Língua Portuguesa (Vera Cristina Rodrigues Feitosa, Objetiva, 2011)
http://www.objetiva.com.br/livro_ficha.php?id=969

Dicionário Etimológico da Língua Portuguesa (Antônio Geraldo da Cunha, Lexicon, 2010)
http://lexikon.com.br/dicionario-etimologico-da-lingua-portuguesa

Dicionário Houaiss de Conjugação de Verbos (José Carlos de Azeredo, Publifolha, 2012)
http://publifolha.folha.com.br/catalogo/livros/136702

Dicionário Houaiss Eletrônico da Língua Portuguesa – CD-ROM (2009)

http://www.objetiva.com.br/livro_ficha.php?id=707

Dicionário Prático de Regência Nominal (Celso Pedro Luft, Ática, 2009)
http://www.atica.com.br/SitePages/Obra.aspx?cdObra=519

Dicionário Prático de Regência Verbal (Celso Pedro Luft, Ática, 2009)
http://www.atica.com.br/SitePages/Obra.aspx?cdObra=520

Dicionário Sinônimos e Antônimos (Houaiss: Publifolha)
http://publifolha.folha.com.br/catalogo/livros/136812/

Gramática da Língua Portuguesa Padrão: com comentários e exemplários (Amini Boainain Hauy, Edusp, 2014)
http://www.edusp.com.br/detlivro.asp?ID=414190

Guia de uso do português (Maria Helena de Moura Neves, Ed. da Unesp, 2012)
http://www.editoraunesp.com.br/catalogo/9788539302314,guia-de-uso-do-portugues

Manual da boa escrita: vírgula, crase, palavras compostas (Maria Tereza de Queiroz Piacentini, Lexikon, 2014)
http://lexikon.com.br/manual-da-boa-escrita

Manual de estilo gráfico: para escritores, jornalistas, publicistas, editores, tradutores, revisores, paginadores e gráficos (Álvaro F. Antunes, Cetop, 1997)

Manual de redação. Congresso Nacional. Câmara dos Deputados. Disponível em:http://bd.camara.gov.br/bd/bitstream/handle/bdcamara/5684/manual_redacao.pdf?sequence=1

Manual de redação. Congresso Nacional. Senado Federal. Disponível em:http://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/101978/manual_redacao_agencia.pdf?sequence=1

Manual de redação da Presidência da República. Brasília, 1991. Disponível em:http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/manual/manual.htm

Manual de redação do Estadão. Disponível em:http://www.estadao.com.br/manualredacao

Manual de redação e normalização textual: técnicas de editoração e revisão (João Bosco Medeiros e Maria Margarida de Andrade, Atlas, 2001)
https://www.editoraatlas.com.br/Atlas/webapp/detalhes_produto.aspx?prd_des_ean13=9788522472758

Não Tropece na Língua: lições e curiosidades do português brasileiro (Maria Tereza de Queiroz Piacentini, Bonijuris)
http://www.livrariabonijuris.com.br/detalhes.php?id=12&cat=1

Nova gramática do português contemporâneo. (Celso Cunha e Luís F. Lindley Cintra, Lexikon, 2008)
http://lexikon.com.br/nova-gramatica-do-portugues-contemporaneo-6a-edicao

Novas Lições de Análise Sintática (Adriano da Gama Kury, Ática, 2000)
http://www.atica.com.br/Sitepages/Obra.aspx?cdObra=306&Exec=1

Novíssima Gramática da Língua Portuguesa (Domingos Paschoal Cegalla, Companhia Editora Nacional, 2005)
http://www.editoranacional.com.br/nacional2010/htdocs/script/catalogo.asp?isbn=9788504014112

O Livro (Henry Saatkamp, AGE, 1996)
http://www.editoraage.com.br/lstDetalhaProduto.aspx?pid=239

O Livro: manual de preparação e revisão (Ildete Oliveira Pinto, 1993)
http://www.4shared.com/office/ck1n4w2W/Manual_de_Prepara_e_Reviso_-_I.html

______________________________________________________________________

Contatos

Facebook: https://web.facebook.com/criteriorevisao/ (curta a nossa página no Facebook!)

Telefone: (61) 99801-6596 (Whatsapp)

Skype: criteriorevisaotextual

E-mail: andersonhander@gmail.com ou servicos@criteriorevisao.com.br

Instagram: @criteriorevisao (siga-nos!)

Aguardamos o seu contato.

 

“Por que revisar o meu texto?”

Revisão de Texto

O ofício de revisão é fundamental, pois o texto é um processo, ou seja, ele está sempre em transformação e construção. Por essa razão, o(a) seu(sua) orientador(a) solicita, durante a escrita de seu trabalho, tantas intervenções. Você mesmo(a) fará essas intervenções durante esse processo, o que é, de fato, bastante proveitoso, pois, a partir dele, você pode interpretar a própria noção de verdade e de conhecimento, também, como um processo inacabado e não como um processo absoluto e estático.

A revisão de texto traz outros olhares ao texto original, tornando-o mais claro e adequado ao gênero textual e público-alvo. E esse processo é importante, pois nós não conseguimos ver, muitas vezes, além de nosso próprio conhecimento e erros/inadequações.

Eu recomendo a todos os escritores, acadêmicos ou qualquer um que produza textos, sejam eles consumidos em quaisquer contextos, que enviem os seus textos/trabalhos para um(a) revisor(a). O(A) revisor(a) de textos é o(a) profissional qualificado(a) para auxiliá-lo(a) após a reescrita de seu texto. Deve-se, no entanto, estar atendo para a experiência e formação desse(a) profissional.

Cuidado, pois muitos profissionais, sem experiência ou sem formação, costumam exercer essa profissão. Desconfiem de preços insignificantes e daqueles que lhes garantem resultados absolutos. A revisão de texto é um processo e, por isso, deve ser realizada por pelo menos uma equipe com mais de um revisor. Além disso, a revisão depende também de tempo.

A Critério Revisão Textual é uma empresa com profissionais especializados em revisão de texto. Possuímos Atestados de Capacitação Técnica, emitidos por órgãos públicos, organizações internacionais e por empresas privadas renomadas. Além disso, os nossos profissionais formaram-se na Universidade de Brasília (UnB) e possuem experiência em ensino e pesquisa, ou seja, o seu texto não será revisado apenas por um graduado ou graduando, mas por revisores especialistas, pesquisadores e mestres que compreendem questões relacionadas aos gêneros acadêmicos e questões metodológicas. Além disso, também temos experiência com revisão de livros, textos publicitários, cardápios de restaurantes…

Para mais informações acessem ou enviem-nos um e-mail para orçamento:

Contatos

Facebook: https://web.facebook.com/criteriorevisao/ (curta a nossa página no Facebook!)

Telefone: (61) 99801-6596 (Whatsapp)

Skype: criteriorevisaotextual

E-mail: andersonhander@gmail.com ou servicos@criteriorevisao.com.br

Instagram: @criteriorevisao (siga-nos!)

Aguardamos o seu contato.