Sobre andersonhander

– Empreendedor e Revisor de Texto – Mestre em Linguística pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística – PPGL – UnB (Universidade de Brasília), linha de pesquisa: discurso, representações sociais e texto – Especialista em Revisão de Textos pelo Cesape – (ICPD Instituto Ceub de Pesquisa e Desenvolvimento – Centro de Especialização, Aperfeiçoamento, Extensão e Pós–Graduação) – Graduado em Letras – UnB – Blogueiro, Youtuber e Escritor * Revisei, nos últimos anos, mais de 50 mil laudas (relativas a vários gêneros textuais, especialmente gêneros acadêmicos), possuo vários atestes de capacitação técnica emitidos pelo governo, prestou serviço para instituições como Organização das Nações Unidas, Fundação Cultural Palmares. Estive envolvido em projetos de publicação de livros como Escritor Fantasma e, também, no processo de Diagramação. Presto serviço de Consultoria para elaboração de trabalhos acadêmicos na área de humanas, também ofereço cursos de redação. Auxilia muitos estudantes a prepararem-se para aprovação em processo seletivo de Mestrado. Apaixonado por outras culturas, já visitei mais de 30 países. Busca ajudar as pessoas e transformar o mundo em um lugar melhor. Site: www.criteriorevisao.com.br "Live the life you have imagined". Thoreau

Estilo na escrita

“Estilo é o conjunto de traços particulares que define desde as coisas mais banais até as mais altas criações artísticas. É o conjunto de características que determina a singularidade de alguma coisa; ou, em termos mais exatos, é o conjunto de traços recorrentes do plano do conteúdo ou da expressão por meio dos quais se caracteriza um autor, uma época etc. O termo estilo alude, então, a um fato diferencial: diferença de um autor em relação a outro, de um pintor relativamente a outro, de uma época em relação a outra etc.

Exemplifiquemos o que são esses traços recorrentes. São características do plano do conteúdo, por exemplo, a reiteração de certos temas (os temas da transitoriedade da vida e da inevitabilidade da morte repetem-se na poesia barroca; a ideia de aproveitar o presente é uma recorrência na poesia de Ricardo Reis, um dos heterônimos de Fernando Pessoa). São características do plano da expressão, por exemplo, as formas de organizar as palavras no texto ou determinadas construções. Assim, vemos que a antítese é uma constante nos sermões de Vieira; o uso intenso de aliterações é uma característica da poesia simbolista. Lembre-se bem de que o que determina um estilo é o conjunto de traços reiterados e não uma particularidade isolada.

Os imitadores, os que parodiam, os falsificadores em pintura, os covers etc. “copiam” exatamente esse conjunto de traços, o estilo daquele que é imitado, falsificado etc. Por outro lado, é esse conjunto de características que permite dizer, quando lemos um texto ou vemos um quadro cujo autor não conhecemos: parece Vieira, soa a Machado, é um Toulouse-Lautrec.

Manuel Bandeira escreveu uma série de poemas denominados À maneira de…, em que imita o estilo de certos poetas, não para desqualificá-los, mas como um exercício de escrita. Trata-se, pois, de casos de imitação de estilo por captação ou de estilização. Leia o poema intitulado “À maneira de Alberto de Oliveira”:

Esse que em moço ao Velho Continente Entrou de rosto erguido e descoberto, E ascendeu em balão e, mão tenente, Foi quem primeiro o sol viu mais de perto; Águia da Torre Eiffel, da Itu contente Rebento mais ilustre e mais diserto, É o florão que nos falta (e não no tente Glória maior), Santos Dumont Alberto!

Ah que antes de morrer, como soldado Que mal-ferido da refrega a poeira Beija do chão natal, me fora dado Vê-lo (tal Febo esplende e é luz e é dia) Na que chamais de Letras Brasileira, Ou melhor nome tenha, Academia. Manuel Bandeira. Poesia completa e prosa. Rio de Janeiro, Nova Aguilar, 1983. p. 434.

Alberto de Oliveira é um dos mais célebres poetas do parnasianismo brasileiro. Quais as características de sua poesia captadas por Manuel Bandeira? A forma poética preferida de Alberto de Oliveira é o soneto. Além disso, frequentemente, traça um quadro, uma cena, em que procura fixar a sensação de um detalhe ou a memória do fragmento de um determinado acontecimento. Observe que Manuel Bandeira, num soneto, busca compor a cena do brasileiro que, chegado à Europa, voa, pela primeira vez, com um instrumento mais pesado do que o ar, ao redor da Torre Eiffel. Esse tema é tratado, como sempre faz Alberto de Oliveira, com objetividade.

O fato é simplesmente narrado. Além disso, faz-se no soneto uma referência à mitologia clássica: usa-se a expressão tal Febo esplende para significar “o sol brilha” (Febo é uma palavra que vem do grego fóibos, que quer dizer “brilhante”; era a alcunha dada a Apolo, o mais belo dos deuses, deus do dia e do sol).

Na poesia dos parnasianos em geral, utilizam-se muitas imagens ou expressões extraídas da mitologia clássica para descrever coisas e acontecimentos do mundo cotidiano. A métrica usada é o decassílabo heroico, acentuado fundamentalmente na sexta e na décima sílabas, mas com possibilidade de ter acentuações secundárias na oitava e numa das quatro primeiras sílabas. As rimas são todas graves, ou seja, rimam palavras paroxítonas. Ademais, são sempre ricas, ou seja, são feitas com palavras de classe gramatical diferente ou de finais pouco frequentes.

Contraem-se sistematicamente as vogais, fazendo com que duas ou mais sílabas gramaticais se transformem numa única sílaba poética (por exemplo, no primeiro verso, temos essi quiem moço, em que que e em formam um ditongo). No domínio da sintaxe, usa-se abundantemente a inversão da ordem habitual das palavras (por exemplo, o objeto direto precede o verbo em a poeira beija, o sol viu mais de perto; anteposição do determinante ao determinado de Letras Brasileira (…) Academia).

O léxico é preciosista (por exemplo, diserto = que se exprime com facilidade, simplicidade e elegância; florão = ornato de ouro ou de pedras preciosas, à feição de uma flor). Todos esses traços dos níveis fônico (métrica, rima etc.), léxico e sintático são recorrentes na poesia de Alberto de Oliveira. Cabe lembrar ainda que uma imagem semelhante a ver o sol mais de perto, para quem

se eleva às alturas, foi usada por Alberto de Oliveira no poema “Aspiração”: Ser palmeira! existir num píncaro azulado, Vendo as nuvens mais perto e as estrelas em bando. Como se vê, Bandeira não imitou um texto específico de Alberto de Oliveira, mas seu estilo.”

SAVIOLI, Francisco Platão & Fiorin, José Luiz. Lições de texto: leitura e redação. São Paulo: Ática, 2006.

Revisão de Textos: promoção

Neste mês, ofereço promoção para você que está redigindo o seu Texto Acadêmico. Envie pedido de orçamento a um de meus e-mails (servicos@criteriorevisao.com.br ou andersonhander@gmail.com), com a hashtag #souafavordaeducacao, e receba 20% de desconto para serviço de Revisão de Texto.

Veja a descrição de cada um dos serviços que ofereço (Revisão Ortográfica e Gramatical, Revisão Crítica, e Formatação conforme os manuais da ABNT, APA, CHICAGO ou VANCOUVER).

Atenção: a promoção tem validade apenas até o dia 30 de maio. O desconto é válido para qualquer tipo de texto acadêmico: TCC (ou Monografia), Dissertação de Mestrado, Tese de Doutorado, Artigo Científico.

“Quando a educação não é libertadora, o sonho do oprimido é ser o opressor.” Paulo Freire

O que NÃO esperar de um Revisor de Textos

O que NÃO esperar de um Revisor de Textos

  1. Que ele redija textos e faça alterações nestes de sentido

Revisores não são autores, que fique bem claro. Alguns revisores podem até alterar o estilo da escrita do texto do autor, caso essa questão seja acordada com este, mas redigir para o autor, definitivamente não. Esta poderia ser a função de um Ghost Writter (escritor fantasma). Mas, em relação, por exemplo, a textos acadêmicos, essa atividade é ilegal!

  1. Que ele formate ou diagrame textos

Revisão de Texto, diagramação e formatação são ofícios diferentes. Basicamente, eu poderia dizer que a Revisão de Texto recai sobre aspectos que envolvem o universo linguístico do texto. A formatação refere-se, basicamente, a um conjunto de normas para a disposição do texto (por exemplo, marcação de parágrafo, recuo de citações, espaçamento entre as linhas do texto). Diagramação constitui atividade que está para o universo de publicação, por exemplo, de livros ou de formulação de panfletos etc.  A diagramação envolve, por exemplo, a arte da capa do livro, bem como outros aspectos gráficos relacionados, inclusive, ao processo de impressão da obra. A diferença entre formatação e diagramação é simples: geralmente, a formatação refere-se ao processo de aplicação de normas, em textos acadêmicos, para publicação. A diagramação refere-se mais especificamente a outros gêneros, como livros e processo de publicação destes.

Revisores podem atuar no processo de formatação, bem como de diagramação, também. Eu mesmo atuo no processo de Revisão e, também, de Formatação de Textos. Mas é importante deixar claro que estas são atividades diferenciadas. Na verdade, é preciso conversar com o Revisor de Texto e estabelecer um contrato a respeito do serviço, para que não haja mal-entendidos. Eu, por exemplo, cobro valores diferentes para cada um desses serviços, ou seja, Revisão de Texto não inclui Formatação.

  1. Que ele revise o mesmo texto, mais de uma vez, gratuitamente

Há um consenso no ramo de Revisão de Texto a respeito de segunda ou terceira Revisão. Não espere que o Revisor esteja à disposição, gratuitamente, para revisar, inclusive a qualquer horário do dia ou dia da semana, o seu texto. Cada olhar sobre o texto refere-se a um momento de Revisão e, por isso, cada olhar implica um valor. Obviamente, a grande maioria dos revisores cobra, para segunda ou terceira Revisão de Texto, uma porcentagem em relação ao primeiro serviço acordado, e não um novo valor sobre o texto.

  1. Que ele assuma a responsabilidade como autor

Revisores de Textos são terceiros que trazem olhares de fora para os textos de autores, eles não são, no entanto, responsáveis por estes. É preciso que os autores tenham noção da qualidade de seus próprios textos, e das limitações destes. Ás vezes, o texto tem problemas que não são resolvidos, simplesmente, com intervenções ortográficas e gramaticais. Além do bom senso do autor, é preciso que este saiba de suas limitações e dificuldades, antes de “jogar” a responsabilidade de sua própria produção para o Revisor. A verdade é que Revisor de Texto algum é um salvador. Eles trazem, apenas, contribuições para textos.

Orçamento para Revisão de Texto em São Paulo

Sou Revisor de Textos há mais de dez anos. Consulte o meu currículo e o meu portfólio para conhecer um pouco mais de meu trabalho. Também tenho uma série de artigos e vídeos sobre o tema no Youtube:
Contabilizo o meu serviço com base no conceito de lauda. Considero que uma lauda equivale a 1300 caracteres com espaços.
Veja a indicação de cada um de meus serviços nesta página. Para solicitar orçamento, envie um e-mail para: andersonhander@gmail.com ou servicos@criteriorevisao.com.br
Se você mesmo quiser saber o custo de meu serviço, assista ao meu vídeo no Youtube:
A seguir, compartilho um exemplo de orçamento enviado a um cliente de São Paulo, para que vocês conheçam como trabalho.
______________________________________________________________________
O seu trabalho contém 119.278 caracteres com espaços, ou seja, 91,75 laudas.
Custo
Revisão de Texto e Formatação conforme ABNT
91,75 x 7,00 = 642,26 reais
Formas de pagamento
Pagseguro (parcelamento em até 24 vezes)
Boleto (à vista. Para emissão de boleto, envie cep, cpf, nome e endereço completo. O boleto será gerado cm vencimento para um dia após a entrega do trabalho revisado).
O seu prazo é segunda-feira, correto? Confirme, urgentemente, se for o caso, há adicional nesse caso para entrega urgente. O custo é de 137,62, ou seja, 779,88 reais
Estou à disposição.
Saudações.

De quem é a responsabilidade do texto?

O e-mail a seguir constitui uma resposta ao questionamento que lancei no início deste post. Realizei serviço de Revisão de Texto de um cliente, e, alguns meses após a entrega do texto revisado, com mais de 413 alterações/contribuições realizadas no texto por mim, o cliente encaminhou um e-mail solicitando revisão gratuita novamente em virtude dos reclames do orientador dele em relação a quatro erros que este encontrou no texto, após a minha revisão. O cliente iniciou o e-mail se desculpando pela falta de educação de seu próprio orientador (que atribuía a mim a responsabilidade pelo próprio texto de seu orientando, questionando a qualidade de meu serviço), mas afirmou que tudo estava bem, que deveríamos continuar com o serviço.

Bom dia, prezado cliente! 
Eu não me preocupo mesmo com os comentários do seu orientador ou com o que qualquer outra pessoa pensa sobre mim ou sobre o meu serviço (isso não significa que o que elas pensam é verdade. Até mesmo, porque muitos desses pensamentos não constituem a verdade, mas opinião). 
Ele deve reclamar do seu texto e não do meu serviço. Eu não cometi erros no seu texto. Eu, apenas, não verifiquei alguns, porque havia muitos problemas no texto, muita “poluição gramatical”, resultado de um mal planejamento textual do autor, e esse excesso atrapalha o meu olhar. Revisão alguma é absoluta, eu deixo isso claro em meu site. E, também, menciono, a necessidade de segunda ou de terceira Revisão de Texto. O seu orientador sequer deve saber disso porque não conhece a minha profissão. Mas você deveria, como autor do seu próprio texto, dizer o seguinte para ele: “eu sou autor do texto, eu desenvolvi um trabalho mal escrito, infelizmente. Não preparei bem o texto. O Anderson trouxe muitas contribuições ao meu texto, mas o olhar dele não é biônico, tampouco o meu. E, em um primeiro momento, escrita de autor algum é “perfeita” (o Anderson disse que aposta com o senhor que a sua tese de doutorado deve conter ao menos 10 erros. Ele pode fazer o teste gratuitamente para provar isso ao senhor, porque ele considera o texto um processo de construção sempre inacabado e ele quer dizer com isso que nada é absoluto, e que é preciso ser muito arrogante, prepotente e acrítico para pensar dessa maneira o texto e o processo de redação). O Anderson não comete mais erros do que o texto tem. Ele verificou mais de 20 erros por página em meu texto, e isso já é bastante significativo. Se você acha que o texto está ruim após a revisão do Anderson, imagine como ele não estaria se o Anderson não o tivesse revisado?  O Anderson, também, disse que as suas contribuições, a respeito das inadequações que você encontrou no próprio texto que eu escrevi, são muito bem-vindas, revelam que você está fazendo o seu papel de orientador e um trabalho em equipe cuja responsabilidade não se resume, apenas, a ele”.
Eu realizei mais de 400 alterações em seu texto, relativas a erros que você cometeu e não eu. Mostre isso ao seu orientador e assuma a responsabilidade pelos seus próprios erros. Eu não sou onisciente, onipresente e onipotente. Eu sou Revisor de Textos, trago contribuições ao texto. O seu orientador deve criticar você e não o meu serviço.
Veja quantas contribuições foram deixadas ao seu texto:
Compreendo que vocês de exatas buscam resultados mais absolutos, mas a escrita é um processo de construção sempre inacabado. E, por favor, explique ao seu orientador a diferença entre REVISOR e AUTOR. Ele não pode atribuir a responsabilidade do autor do texto, que é sua, a mim. Lamentável é ele pensar dessa maneira e você, ainda, enviar o texto para mim com esses comentários dele, como se fosse minha responsabilidade, ou como se eu tivesse de revisar, gratuitamente, o seu texto novamente, porque “eu cometi os erros”.
Se você quiser que eu revise o seu material novamente (Segunda Revisão de Texto), eu cobro 25% em relação ao primeiro valor acordado para cada vez que o texto for enviado. Você optou por enviar os seus textos em capítulos, verifique senão é mais interessante realizar uma revisão após a reunião de todos os capítulos do texto. Explique ao seu orientador que a escrita, especialmente a escrita de dissertações e teses, é um processo que se revela até algumas semanas antes da defesa (e até após a defesa o texto será, com certeza, alterado. Não está “pronto”). 
O arquivo que você encaminhou contém 19.386 caracteres com espaços, ou seja, 19,38 laudas. Custo: 24,22 reais para Segunda Revisão de Texto.
Também sugiro que você e ele leiam os meus artigos sobre o meu serviço (além de trazer compreensão sobre o meu ofício, vocês podem ter uma melhor percepção sobre o texto de vocês):
Se o seu orientador ou você tiver qualquer dificuldade para interpretar os meus dizeres, vocês podem ouvir um áudio explicativo sobre esse assunto, produzido por mim em meu canal no Youtube:
Diga, também, ao seu orientador, que ele pode ser processado por difamação. 
Saudações.

Revisão Gramatical em Brasília-DF

Revisor de Textos Anderson Hander

Prezado cliente, obrigado pela visita ao meu site. Meu nome é Anderson Hander Brito Xavier, sou Revisor de Textos, consultor linguístico e escritor. Reviso textos, relativos a vários gêneros textuais, especialmente gêneros acadêmicos, desde 2006, quando iniciei os meus estudos na Universidade de Brasília (UnB), onde graduei em Letras. Em 2010 fui treinado em um estágio na área de Revisão de Texto pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Revisei, nos últimos anos, mais de 50 mil laudas relativas a gêneros textuais diversos. Destaco, com orgulho, os seguintes serviços que realizei: Revisão de Texto de inventários de um escritório da ONU (Organização das Nações Unidas em Brasília-DF) e Revisão de Texto de cardápio de vinhos da empresa Capital Steak house). Tenho mais de treze atestes de capacitação técnica emitidos pelo governo brasileiro informando a qualidade de meu serviço.

Alguns trabalhos revisados para pessoas jurídicas

Finatec (Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos). (Coletânea de artigos).

Fundação Cultural Palmares. Revista Palmares. (Revista)

ONU (Organização das Nações Unidas). (Inventários).

Instituto Positivo. Editais e documentos. (Editais)

Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-DF). Cartilhas dos síndicos: obras e serviços de Engenharia e Agronomia: o que é preciso saber. (Cartilha)

Capital Steakhouse. Cardápios de vinhos e comidas. (Cardápios)

Editora Otimismo. Autor: Lourival Lopes. Sementes da felicidade. 2014. (Livro)

Por que deixar o seu texto aos meus cuidados?

  1. Sou mestre e especialista na área de Revisão de Textos.
  2. Sou e perfeccionista e curioso. Além disso, eu sou bastante prestativo. Hoje eu me dedico, exclusivamente, ao ofício de Revisão de Texto.
  3. Contrate o serviço de profissionais liberais, alguém que, de fato, se importa com você como cliente e não busca, apenas, explorar outros profissionais e enriquecer com o esforço dos outros.
  4. Eu tenho registro no Conselho Regional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ).
  5. Revisei, nos últimos anos, mais de 40 mil laudas relativas a gêneros textuais diversos.
  6. Sou workaholic e gosto de trabalhar. Trabalho feliz com o que gosto! Dediquei, praticamente, a minha vida inteira a esse ofício e será um grande prazer atendê-lo(a).

______________________________________________________________________________

Valores e tipos de Revisão

Você pode consultar o custo do meu serviço, bem como compreender como calculá-lo neste link.

____________________________________________________________________________

Contatos

Solicite orçamento por e-mail. Garanto confidencialidade de todos os trabalhos de meus clientes. Os meus contatos são: andersonhander@gmail.com ou servicos@criteriorevisao.com.br ou por meio de meu contato de Whatsapp: (61) 99801-6596

Revisão em Língua Portuguesa – Florianópolis

Prezado cliente, seja bem-vindo ao meu site. Meu nome é Anderson Hander. Sou Revisor de Texto(s) e Consultor Linguístico com experiência de mais de doze anos no mercado. Prestei/presto serviço para instituições públicas e privadas, pesquisadores, escritores brasileiros e estrangeiros.

Também auxilio estudantes a obterem aprovação em processo seletivo de mestrado de instituições federais brasileiras, e os auxilio com consultoria linguística para que melhor organizem as suas pesquisas: USP, UnB, UFBA, UFMG, UFRJ, UNICAMP, UFRS, UEL, UEG…

Sou formado na área de Letras pela Universidade de Brasília (UnB) e tenho mestrado na área de texto, também atuei, durante um ano e meio, no Supremo Tribunal Federal, com Revisão de Textos jurídicos. Leia mais sobre o meu currículo e consulte o meu portfólio para saber mais sobre o meu trabalho.

Ofereço serviço de Revisão em Língua Portuguesa (Revisão Ortográfica e Gramatical, e Revisão Crítica). O custo varia entre 5,00 a 12,00 reais por lauda). Leia mais sobre a oferta de meu serviço. Reviso livros, Trabalhos de Conclusão de Curso, artigos, dissertações, e vários outros gêneros textuais.

Solicite orçamento por meio de meus e-mails: andersonhander@gmail.com ou servicos@criteriorevisao.com.br ou envie-me uma mensagem de Whatsapp (61) 91236091.